terça-feira, 20 de julho de 2010

A última flor do lácio

Fui ao Lácio e nos meus versos canto a última flor
Que espalhou por vários continentes
Um manancial de amor
1244456417847_f Já dizia o samba enredo da mangueira de 2007 escrito por Lequinho, Junior Fionda, Aníbal e Amendoím do Samba. Para quem não sabe, “A última flor do Lácio" é uma expressão usada no soneto Língua Portuguesa, do escritor brasileiro Olavo Bilac e faz referência à uma região da Itália (Lácio), de onde derivaram-se diversos idiomas enraizados no latim, entre eles o Português, última língua que surgiu na região (por isso última flor, sacou?). A escola homenageava a nossa língua portuguesa, idioma falado no Brasil que segundo os autores do samba enredo “espalhou pelos continentes um manancial de amor”. Aham Cláudia, senta lá!
Não aqui.
Eu poderia descrever de diversas formas a relação dos brasileiros com a sua língua mãe, mas tenha certeza: o termo “manancial de amor” não apareceria nos meus exemplos… Talvez “torre de babel” se encaixaria melhor por aqui.
Os brasileiros, principalmente a nova geração (eu tmb! eu! eu! eu!) parecem ter brigado com a florzinha do lácio, eu sei, eu sei, ela tem alguns espinhos… Mas isso não é motivo para arrancar suas últimas pétalas!
Se já não bastasse o fato de que em cada local do país o português é falado de um jeito, o fato de que em cada situação (formal ou não) ele tem de ser interpretado de um jeito, o fato de que em cada tipo de texto (carta, requerimento, trabalho, jornal, livro) ele tem de ser escrito de um jeito, agora também existe uma linguajem adicional: o “portu-web”.
Ok, ok. Eu não tenho nada contra essa nova forma de comunicação que está surgindo nos e-mails, Messengers, perfis online e chats. Afinal, o português coloquial é usado por todos no dia a dia, porquê não pode ser incorporado ao mundo da web? E se as pessoas querem o abreviar, ótimo! Eu também faço isso, é funcional e prático… Mas estão indo muito além.
Erros gramaticais comuns são passáveis, concordância e semântica também podem ser relevadas dependendo da situação, afinal estamos todos na internet, não é mesmo? Mas o que me talha o sangue e me deixa extremamente nervoso é o erro proposital. Onde já se viu uma pessoa, propositalmente, escrever de uma forma completamente absurda?
“Oiiii jentiiiiii! hojêêê nóóizz vamuus falaaar sobreee colíííííriuus da caprixuuu! Adoooorooooo! Vossêss sabem kê toda semaana saai um gatêêêênho lá da kza dus colírius! Pois beeeeeim, neça semana ajente vai se uniir-mos e votaaar no gatêêênho do “fulaninho de tal” e nããão deixaaar nosso keridinhuu sair de láá, ele é um fofuxxxo, votaah umas miuu vezzz axxiiim ele continuaaaa! Contuuh cum vuxês! bjus!”
Vai falar que nunca viu nada assim por aí? E se nunca tiver visto, #fikadik : assita alguns vídeos do Justin Bieber, do VDG, dos colírios capricho, de crepúsculo e de restart no youtube. Garanto, com 100% de certeza, que você vai ver absurdos muito maiores que estes vistos acima. (Eu ainda tenho esperanças de que esse surto de “miguxêz” se deva a uma pane geral nos teclados de alguns brasileiros, que tem de conviver com teclas emperradas…)
pasquale_G Por favor, não é necessário dar uma de Professor Pasquale e tentar escrever como um executivo. Podem usufruir como quiserem das abreviações, da linguajem coloquial e de termos da web, só não machuquem mais ainda a nossa maltratada flor do Lácio.
flor murcha

3 comentários:

Marco Tulio disse...

Aiiin ke ixxxuuu e tão lecau faalr axiiiiim =x *nível de sarcasmo acima do limite, meltdown*

@LinyGrunge disse...

Hey, axo que X no lugar onde devia ter um CH, sempre facilita... São menos letras, o twitter assim dita!
Não é nem mais fácil de escrever, só ocupa menos espaço.
miiiiiiiiiil vogais ajudam em alguma coisa além de uma possível entonação simpática²?

ziih disse...

aposto que vários letrológos discordariam de que a última flor do lácio não espalhou um 'manancial de amor' por ai...
enfim, quem é louco e faz Letras hoje em dia?
ok, ok... eu ia fazer mas quem se importa?

você deveria divulgar aqui o /EDSN (escreva direito seu neanderthal)
Lembra?

beijo ;*

Postar um comentário

Comentário, segundo o dicionário, é uma nota crítica; reparo; crítica; censura; correção.
Comentar, segundo o dicionário, é explicar, interpretando e anotando; fazer comentário a; criticar maliciosamente; analisar; inventar.

Comentem, pessoal!
Os comentários entusiasmam os autores das postagens e os dão ânimo para escreverem postagens ainda melhores e manterem o blog sempre atualizado!

Critiquem!
As críticas, sejam construtivas ou maliciosas, nos fazem crescer!

O seu comentário é publicado IMEDIATAMENTE aqui no blog. Sem passar por moderação! E vai parar como um link no twitter do azulimão!
Afinal: Censura é coisa da ditadura...

DICA! Se você tem twitter deixe seu link "@seutwitter" no comentário e quando ele for respondido você recebe a resposta no twitter! ;D

lol, você chegou ao fim da página! Esperamos que tenha gostado.
Se depois de perceber as qualidades(A) e também os defeitos (6) de cada um você ainda quiser conhecer virtualmente ou até pessoalmente os autores, acesse Sílvia e/ou Marcos; VALEU!

PAGERANK

Basicamente essa paradinha de PageRank é uma avaliação da relevância da página. Essa relevância é divulgada em uma escala de zero a 10. Observe o nosso, ele é fruto de seus acessos, caros leitores :) Pagerank 2
Medir