sexta-feira, 3 de setembro de 2010

Uma opnião adolescente


"Quem foi que disse que este é um blog imparcial?"

Os dois autores deste blog podem sim ter opniões divergentes (e é realmente o que ocorre na maioria das vezes), e isso faz com que o azulimão pareça imparcial. Um blog de opinião adolescente, que trata de temas adolescentes não poderia, em época de eleições, se omitir com relação à política. E nesse caso, tanto o lado verde como o lado azul deste site bicolor convergem para um mesmo ponto de vista.
Nas eleições de 2010 a população encontra-se em um dilema: Votar em um governo de oposição pura e simplesmente por não confiar na sucessora do partido do governo vigente, ou, confiar em uma candidata fantasma com ideais e programa de governo apagados. O dilema é o mesmo de sempre, essa indecisão quanto à oposição reformadora ou o atual partido se resume à PSDB versus PT (exceto pelas coligações, que se alteram e fazem uma dança fabulosa de troca de favores e interesses a cada eleição). O cidadão se vê então sem alternativa. Existem aqueles que apoiam incontestavelmente o governo Lula, e por isso, confiam cegamente na presidenciável Dilma, há também os que confiam no governo Serra e apostam todas as fichas no ex-governador de São Paulo. Mas estes são a minoria, a grande maioria da população não tem simpatia por um candidato especial, de determinado partido, nem tem interesse ou capacidade intelectal para analisar um governo passado (brasileiro tem memória fraca) e dar seu próprio veredicto. Estes são os eleitores iludidos pelas campanhas eleitorais do horário nobre e que votam ou na oposição, ou na continuação da forma de governo. Destes, os que votam na continuação do governo fazem parte da classe menos favorecida socio-economicamente do Brasil, e a grande maioria que vota na oposição, o faz não por confiar no plano de governo do Serra, mas somente porque não querem a sua principal concorrente no poder. Essa é a minha visão, exposta de modo bem xulo, da candidatura de Serra e Dilma. Porém, o que o eleitor não sabe (ou não considera) é o fato de haver sim uma alternativa. Nem oposição ao governo nem continuação. Um governo que não priorize partidos e interesses de grupos pré-estabelecidos, um governo ciente e consciente.
Defender uma candidatura não significa afiliar-se a um partido, simpatizar com um candidato ou chapa. Defender uma candidatura significa confiar em um plano de governo e apostar em idéias que segundo a sua opinião podem ajudar um país à evoluir e crescer. Por isso eu e a Sílvia defendemos a candidatura de Marina Silva à presidencia da república. Confiamos na juventude revolucionária e motivada, diferente da visão apática e conformada que os adultos têm da nossa geração. E por isso essa postagem, somos jovens e temos opnião, temos meios de divulgá-la e expressá-la. Não somos meros fantoches da maioria adulta de um país. Ingênuo e enganoso é aquele que subestima a consciencia e o poder de transformação da juventude (tah cara, isso foi muito, mais muito profundo!).
Trocando em miúdos: Eu não sou filiado a nenhum partido, não recebo para fazer campanha para a Marina nem pretendo entrar para o Greenpeace ou ganhar um cargo no ministério do meio ambiente (tudo o que falei sobre mim se aplica a Sílvia). Só vim aqui expressar a minha opnião.

Para conhecer as propostas de governo e a canditatura da Marina acesse: Minha Marina
E não se omita, adolescente também tem voz.

4 comentários:

GrandeR@O disse...

Não estou apoiando a candidatura de ninguem nem mesmo sei quem vou voltar, além do blog eu estudo ciências sociais e no curso estudo ciência politica, e muito do que agente vê é que as pessoas não assumem as suas posições políticas por medo do que as pessoas podem pensar, e eu os parabenizo por vejam bem, não pelo apoio pela Marina, mas sim por mostrarem que vocês apoiam alguem e que vocês tem posicionamento político.(esse texto vai ficar grande)
Acho que vocês tem que tomar um pouco de cuidado ao se referirem as pessoas e ao governo e as propostas, se vcs falam que as propostas são vazias ou qualquer coisa que menospreze a escolha de candidato N ou X. Defenda o seu o critique com sabedoria, não precisa dizer que as pessoas não tem capacidade intelectual para analisar o governo. A Dilma ela não omstra tanta proposta, pq as pessoas personificam demais o cargo de presidente, quando tu vota em alguem, não vota só naquela pessoa, e sim em toda a sua coligação de partidos e uma equipe complexa de pessoas, e votando na dilma é assumir que vai ficar essa equipe do governo Lula que foi querendo ou não um governo melhor do que todos os outros, pois quantas pessoas pobres poderam entrar em escolas publicas atraves de cotas? e o prouni, e o bolsa familia, pra nós classe média pode não ser nada, nem o onibus que eu pego por mês o bolsa familia paga, mas pra quem está com fome, bom é muita coisa, claro que existe escandalos encima de escandalos, há muita coisa que mudar, digo de novo não apoio dilma nem lula, só fazendo uma analise do governo deles, o Serra não conheço muito das suas propostas, mas pelo oq eu ouço ele fez bastante por São Paulo, não tenho noção até onde isso é verdade, mas por ideologia propia, não volto na direita de maneira alguma. Acho que o texto de vocês ficou muito bom é só cuidado com esses pontos e parabens por tomarem uma posição.

Há braços psicodelicos

Pedro Rocha disse...

Não duvido da capacidade da Marina, mas fico com um pé atrás em certos pontos. A começar pelo seu vice, um dos maiores executivos da Natura. Já imaginou o poder que esse cara teria sobre a Amazônia se se tornasse o vice-presidente do Brasil? Além disso, acho que a Marina meio que "caiu de para-quedas" no Partido Verde. Ela é evangélica assumida (inclusive utiliza isso na campanha) e é filiada a um partido que historicamente debate a legalização da maconha, a luta contra o preconceito homossexual entre outros assuntos polêmicos. Isso me faz duvidar se ela saiu do PT por questão ideológica ou política, pois sabia que a candidata seria a Dilma.
Eu sou filiado ao PT (o que não me torna um cego fanático) e acho que a pessoa mais bem preparada é a Dilma. O governo Lula (que também foi governo Dilma e mais uma porção de gente) foi um dos melhores da história desta república, e votar na petista é dar seguimento no projeto.

Liny Grunge disse...

Pretendo votar na Marina, mas sinceramente, não acredito que ela vença... Não acredito também que seja possível se ter uma noção válida das intenções e pretenções dos candidatos lendo sites, analizando governos passados, ouvindo o discurso revoltado (porém tipicamente conformista) de professores de história, e muito menos assistindo a "Propaganda eleitoral gratuita obrigatória" ou lendo panfletos que nos atiram e que depois atiramos na lixeira.
Baah, existe sempre a opção de lavar as mãos e votar no 000000, mas isso seria abrir mão do direito de escolha. Ao meu ver, se um só partido fica no poder forevermente, sem que seja quase-perfeito, isso se chama ditadura...
Enfim, acho que todos gostavam mais da copa.

♥MaLú♥ disse...

votei no eymael...

Postar um comentário

Comentário, segundo o dicionário, é uma nota crítica; reparo; crítica; censura; correção.
Comentar, segundo o dicionário, é explicar, interpretando e anotando; fazer comentário a; criticar maliciosamente; analisar; inventar.

Comentem, pessoal!
Os comentários entusiasmam os autores das postagens e os dão ânimo para escreverem postagens ainda melhores e manterem o blog sempre atualizado!

Critiquem!
As críticas, sejam construtivas ou maliciosas, nos fazem crescer!

O seu comentário é publicado IMEDIATAMENTE aqui no blog. Sem passar por moderação! E vai parar como um link no twitter do azulimão!
Afinal: Censura é coisa da ditadura...

DICA! Se você tem twitter deixe seu link "@seutwitter" no comentário e quando ele for respondido você recebe a resposta no twitter! ;D

lol, você chegou ao fim da página! Esperamos que tenha gostado.
Se depois de perceber as qualidades(A) e também os defeitos (6) de cada um você ainda quiser conhecer virtualmente ou até pessoalmente os autores, acesse Sílvia e/ou Marcos; VALEU!

PAGERANK

Basicamente essa paradinha de PageRank é uma avaliação da relevância da página. Essa relevância é divulgada em uma escala de zero a 10. Observe o nosso, ele é fruto de seus acessos, caros leitores :) Pagerank 2
Medir